O transplante de rosto mais difícil da história

Geral

Written by:

Duro veintiseis horas e participaram cem pessoas

Duro veintiseis horas e participaram cem pessoas

Pode Te interessar…

Transplante total de rosto
Um cara com 50 operações
O primeiro transplante de cabeça
Transplante de rosto na Espanha
Usar o termo milagre seria frivolizar o grande realização médico que permitiu esta intervenção cirúrgica. O cirurgião Eduardo Rodríguez tem liderado a equipe que realizou, no passado mês de agosto, a operação de transplante de rosto mais complexa realizada até à data. A intervenção foi realizada no Centro Médico Langone de Nova York, mas foi agora, três meses depois, quando o paciente esteve em público pela primeira vez. E há que reconhecer que o resultado é realmente surpreendente.
Patrick trabalhava como bombeiro do estado de Guerra, quando, pouco antes do 11 S, sofreu um terrível acidente que o deixou terrivelmente desfigurado. O muro de uma casa em que havia ocorrido um incêndio veio abaixo, sepultándole. Conseguiu salvar a vida, mas seu rosto ficou espantosamente deformada e também ficou quase completamente cego.
Agora, Patrick tem um novo rosto. Mas isso não tem sido fácil. O cirurgião Eduardo Rodríguez precisou da ajuda de uma equipe médica formada por uma centena de pessoas, e a operação durou nada menos do que vinte e seis horas. Isso, sem contar as 70 intervenções prévias que tivemos que fazer para preparar o rosto de Patrick. De fato, o próprio cirurgião reconhece que só tinha 50% de chances de sucesso, embora, no final, a história teve um desfecho feliz.
Patrick já pode até mesmo piscar. E, embora seja necessário submeter-se a várias operações mais, o doutor Eduardo Rodríguez assegura que o paciente vai recuperar totalmente a visão e pode voltar a dirigir e executar outras tarefas semelhantes que até agora lhe estavam vedadas.

Comments are closed.